Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Gisela Carrilho
Snacks - uma causa da obesidade?!
15 Julho 2011

Desde 1970 que os níveis de obesidade têm aumentado drasticamente em muitos países ocidentais. 

Quando se fala em obesidade são várias as teorias associadas para explicar o aumento do valor calórico total (VCT), ou seja, o número de quilocalorias ingerida ao longo de 24horas.

O objectivo deste estudo foi avaliar a contribuição relativa da densidade energética, tamanho da porção e  número de vezes que se come ou bebe algum alimento que contribua para este aumento.
 
O VCT dos EUA, onde foi realizado o estudo,  aumentou quase 1/3 em 30 anos, chegando às 2.374 quilocalorias. 

Após análise dos resultados, concluiu-se que a quantidade de alimentos ingeridos nas principais refeições permaneceu praticamente igual, evidenciando um novo culpado para esse problema: os “snacks”.
Os snacks são pequenas refeições que as pessoas fazem ao longo do dia e que incluem, habitualmente, bolos, biscoitos, bolachas, chocolates, gomas, rebuçados, refrigerantes, apertivos salgados, entre outros. 
A ingestão destes snaks muito frequentes e de grandes dimensões, não correspondendo a nenhuma das três principais refeições do dia (pequeno-almoço, almoço e jantar).

Comentário:
- Um passo para combater a obesidade será não exagerar na quantidade e frequeência dos snacks ao longo do dia. Contudo, estes pequenos lanches não devem ser vistos como o único responsável da obesidade…
- A obesidade reflete inumeras alterações bioquimicas, hormonais, imunitárias, psicológicas, entre outras e deve ser tratada como doença multifactorial, de uma maneira multidisciplinar. Por isso é que criamos a consulta Emagrecer, onde estudamos as verdadeiras causas da obesidade em cada individuo.
- Comer várias vezes e em pouca quantidade durante o dia dar-lhe-á energia e fará com que mantenha estáveis os níveis de açúcar no sangue.
- O mais importante é escolher snacks adequados, evitando snacks calóricos sem qualquer valor nutricional e por isso aqui ficam algumas sugestões: fruta e vegetais crus; iogurte natural com fruta; oleaginosas (nozes, amêndoas, avelâs); Cereais integrais misturados com iogurte; 1 fatia de pão de mistura barrada com azeite ou pasta de amêndoa.

Imagem retirada daqui


Obesidade
Publicado por:
Gisela Carrilho
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password