Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Nutrição Funcional
Sensibilidade não celíaca ao trigo
17 Dezembro 2013

Um estudo publicado no The American Journal of Gastroenterology avaliou 276 pacientes diagnosticados com sensibilidade não celíaca ao trigo e fez uma revisão de literatura já que os mecanismos envolventes nestes processos são ainda pouco claros.

Denomina-se sensibilidade não celíaca ao trigo, quando não há confirmação de doença celíaca (alergia a todos os cereais que têm glúten), nem de alergia ao trigo, mas verifica-se um conjunto de sintomas não específicos que pode abranger o trato gastrointestinal, sistema nervoso, pele e outros órgãos. Pode incluir dor e distensão abdominal, dor de cabeça, confusão mental, formigueiro/dormência nas mãos e pés, fadiga, dor muscular, diarreia, eczema, perda ou aumento de peso, bem como distúrbios neurológicos e psiquiátricos.

Verificou-se melhoria dos sintomas com a dieta de eliminação e retrocesso com a reintrodução do trigo. De salientar que a proteína de vaca também causou reações adversas. 
Todos os intervenientes tinham síndrome do cólon irritável, pelo que podemos concluir que devem ser postas em cima da mesa opções de alimentação, antes do início de outro tipo de terapêuticas, que muitas vezes são muito agressivas.


Flora intestinal e probióticos
Nutrição e inflamação
Nutrição na doença
Publicado por:
Nutrição Funcional
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password