Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Produtos para purificar a água podem causar alergias alimentares
Gisela Carrilho
Produtos para purificar a água podem causar alergias alimentares
07 Dezembro 2012
De acordo com um recente estudo publicado no "Annals of Allergy, Ashtma and Immunologycertas substâncias químicas, conhecidas como diclorofenóis, utilizadas na purificação da água poderão estar a contribuir para o crescente desenvolvimento de alergias alimentares.

Além de serem utilizadas na purificação da água canalizada, estas substâncias podem ser também encontradas em pesticidas para a agricultura, insecticidas e produtos para as ervas daninhas de uso doméstico.

O estudo envolveu 10.348 participantes dos quais 2.548 apresentavam diclorofenóis no exame à urina. Foi determinado que 411 dos participantes tinham alergias alimentares e 1.016 apresentavam alergias a factores ambientais. Esta investigação demonstra que níveis elevados de pesticidas que contêm diclorofenóis podem contribuir para o desenvolvimento de intolerâncias e alergias alimentares.

Comentários:
  • Os efeitos nocivos da exposição a este tipo de pesticidas só se começaram a revelar nos últimos anos. Este facto é particularmente preocupante, já que este tipo de exposição acontece diariamente, com todos nós, através dos alimentos que consumimos e da sua frequente utilização em jardins, relvados e mesmo dentro de edifícios como apartamentos, casas e escolas.

    Tendo em conta que o nosso sistema imunitário começa a desenvolver-se ainda durante a gestação e continua o desenvolvimento durante a infância, é plausível que a exposição a estes pesticidas durante esse período possa alterar o sistema imunitário de forma a aumentar o risco de alergias.

  • Deste modo, e de acordo com os autores, a solução não passa pelo consumo de água engarrafada uma vez que outras fontes de diclorofenol, tal como frutas e legumes poderão contribuir fortemente para causar alergias alimentares.

    A adopção de algumas medidas como o consumo de alimentos biológicos; evitar áreas, edifícios, quintais e jardins onde tenham sido utilizados pesticidas; evitar o uso de pesticidas em casa e encorajar as escolas a adoptarem métodos não tóxicos de controlo de infestações contribui para a redução da exposição ambiental a pesticidas.

Agricultura biológica
Nutrição para a saúde
Publicado por:
Gisela Carrilho
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password