Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Helena Santos
Pepinos do mar – mais valia na nossa alimentação
16 Outubro 2012

Em termos de hábitos alimentares, o mais saudável é variar muito para que possamos ir buscar diversidade de nutrientes. Para isso, há que conhecer uma vasta gama de alimentos que possam ser úteis à nossa saúde.

Um estudo publicado pelo Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve revela que os pepinos do mar podem ser óptimos no combate das doenças cardiovasculares. Os pepinos-do-mar são uma espécie invertebrada da família das estrelas-do-mar que têm propriedades antioxidantes, contêm um baixo teor de gordura, um elevado teor proteico e as gorduras são essencialmente compostas por ácidos gordos polinsaturados, os quais se encontram associados a numerosos benefícios em termos de saúde, como redução da incidência de doenças cardiovasculares.
Foram investigadas cinco espécies de pepinos-do-mar, sendo uma destas espécies (H. arguinensis) existente na costa portuguesa entre Peniche e o Algarve, nos Açores, no Mediterrâneo e na zona nordeste do Oceano Atlântico.

Os pepinos do mar são mais usados na Ásia mas podem e devem ser usados por nós. São normalmente comercializados depois de secos com a designação de “Bêche-de-mer”. Apesar do aspecto pouco apetioso enquanto vivos, podem ser óptimos quando bem confeccionados!

Nota:imagem retirada daqui.


Antioxidantes
Prevenção cardiovascular
Publicado por:
Helena Santos
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password