Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Óleo de peixe pode ser uma mais-valia para doentes com Alzheimer
Núcleo de Nutrição
Óleo de peixe pode ser uma mais-valia para doentes com Alzheimer
18 Abril 2016
A doença de Alzheimer é uma das doenças degenerativas mais frequente entre os idosos. Uma das suas consequências é a degeneração das sinapses colinérgicas no cortex cerebral e hipocampo. A medicação existente é pouco eficaz, melhora ligeiramente os sintomas mas não tem efeito em possíveis causas do problema.

O LipiDiDiet é o nome de um projecto europeu que faz investigações sobre a eficácia de dietas com base em gorduras na doença de Alzheimer. Uma investigação curta (3 semanas) que faz parte deste projecto, realizada em ratos, verificou que uma alimentação rica em óleo de peixe ajudou a reverter a tendência de falta de resposta dos receptores da acetilcolina no hipocampo, em ratos com a doença.

Apenas a dieta com óleo de peixe e enriquecida com outros nutrientes com capacidade de protecção neuronal  (colina, folato, vitaminas B6, B12, C, E, fosfolípidos, selénio) teve também a capacidade de aumentar o número de receptores, para além de deixar a funcionar melhor os já existentes.

Portanto, a intervenção alimentar e de suplementação é fundamental nos pacientes com doença de Alzheimer e obviamente também antes do inicio da doença. Um estado nutricional óptimo é fundamental sempre!


Nutrição e Cerebro
Nutrição na doença
Publicado por:
Núcleo de Nutrição
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password