Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Nozes do Brasil baixam colesterol LDL e aumentam HDL em poucas horas
Núcleo de Nutrição
Nozes do Brasil baixam colesterol LDL e aumentam HDL em poucas horas
03 Novembro 2014
Uma investigação publicada no Journal of Nutrition and Metabolism mostrou os efeitos incríveis das nozes do Brasil no metabolismo lipídico.
Pelos resultados percebe-se que uma única ingestão de nozes do brasil foi capaz de baixar o colesterol mais rápido do que medicamentos.

Em 10 voluntários foram testados os efeitos da ingestão de diferentes quantidades de nozes do brasil: 0, 5, 20 e 50 gramas. Para cada tratamento, fora feitas análises sanguíneas antes da ingestão das nozes e 1, 3, 6, 9, 24 e 48 horas depois, assim como 5 e 30 dias depois.
Em cada análise foram medidos: colesterol LDL e HDL, triglicerídeos, selénio, aspartato, alanina, aminotransferases, albumina, proteínas totais, fofatase alcalina, gama GT, ureia, creatinia e proteína C reativa.

Os níveis de selénio subiram 6 horas depois da ingestão, já que as nozes do Brasil são boa fonte. Os níveis de LDL baixaram e os HDL subiram 9 horas depois da ingestão de 20 ou 50 gramas. Parâmetros renais ou hepáticos não foram alterados. Um mês depois, os níveis de colesterol continuam mais baixos.

Este estudo mostra que o consumo de nozes do Brasil é bastante poderoso e nem precisa de ser diário. Por isso, se quer aumentar os seus níveis de selénio, diminuir o seu colesterol LDL e subir o HDL, coma nozes do brasil 1 vez por semana (é a nossa sugestão). Todos os dias use outras alternativas como nozes, amêndoas, avelãs, cajús e sementes.


Nutrição para a saúde
Oleaginosas
Prevenção cardiovascular
Publicado por:
Núcleo de Nutrição
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password