Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Gisela Carrilho
Incentivar a perda de peso poderia ser o melhor presente neste Natal!
23 Dezembro 2011
Incentivar o companheiro ou a amiga com excesso de peso a perder alguns quilos poderia ser o melhor presente a oferecer-lhes neste natal. Uma investigação muito recente no Reino Unido constatou que, embora a maioria das pessoas se preocupem com os riscos para a saúde de um perimetro abdominal excessivo dos seus familiares e amigos, um número considerável evita levantar esta questão directamente com os “interessados”.

O excesso de gordura abdominal está directamente relacionada  com o aumento do risco de desenvolver diabetes tipo 2, doença cardíaca e enfarte. Este tipo de gordura (gordura visceral) é metabolicamente mais activa do que a gordura localizada abaixo da pele (gordura sub-cutânea) e pode interferir com os processos metabólicos. O estudo entrevistou mais de 2.000 pessoas e de acordo com os resultados:

- 41% não sabe que a gordura visceral é pior para sua saúde do que a gordura sub-cutânea

- 59% das pessoas receiam que o excesso de gordura visceral dos familiares e amigos  poderá conduzir a sérios problemas de saúde mas muitos não revelam as suas preocupações por medo de ferirem os sentimentos daqueles que lhe são mais próximos.

- Foram encontradas diferenças significativas, entre géneros e idades , sobre quem teria mais dificuldade em confrontar os seus “pares” com este assunto.  Sendo que 31% dos homens evita dizer às suas parceiras que deveriam perder peso em comparação com apenas 10% das mulheres. Por outro lado, as mulheres hesitavam mais em confrontar um amigo (23% vrs 8%)

Os indivíduos mais jovens, entre os 18-24anos de idade, representam 42% das pessoas que evita dizer a um familiar ou amigo que deve perder peso. Este valor diminui significativamente com o aumento da idade.  

Comentários:
- Dizer a quem se gosta que deveria perder uns quilos pode não ser uma conversa muito confortável mas desde que o faça com sensibilidade, debatendo com eles este problema agora,  poderá ajudá-los a evitar riscos para a saúde mais tarde e até.... salvar-lhes a vida. Trata-se da saúde deles e não uma questão de vaidade ou capricho.

BOM NATAL!!!!

Nota: Imagem retirada daqui.

Obesidade
Publicado por:
Gisela Carrilho
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password