Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Exposição a compostos químicos na gravidez e baixo Q.I.
Núcleo de Nutrição
Exposição a compostos químicos na gravidez e baixo Q.I.
23 Março 2015
Uma investigação de uma Universidade americana mostrou que crianças expostas durante a gravidez a elevados níveis de 2 ftalatos, têm em média 6 ou mais pontos a menos no Quociente de Inteligência.

Este estudo focou-se em 2 químicos di-n-butyl phthalate (DnBP) e di-isobutyl phthalate (DiBP). Estes são encontrados em diversos produtos para a casa e para nós (vernizes, produtos de higiene,…).

328 mulheres de Nova Iorque e as suas crianças foram avaliadas quanto à exposição a ftalatos no terceiro trimestre de gravidez, através de medições na urina. Com 7 anos de idade as crianças fizeram testes de Q.I..

Foram contabilizados factores como o Q.I. da mãe, educação da criança e qualidade do ambiente educacional e mesmo depois de se controlarem estes factores, foi notória a diferença entre as crianças que tinham tido mais e menos exposição aos químicos. Outros compostos estão noutros estudos também associados a menor Q.I..

Não é possível dizer que a causa para a diferença no Q.I. das crianças é a exposição aos ftalatos, mas que a diferença é grande é.
Por isso, para mulheres grávidas e, na nossa opinião, para todas as pessoas:
- não aqueça plásticos no microondas,
- evite fragrâncias que não seja naturais,
- evite plásticos com os números 3,6 e 7,
- use produtos biológicos sempre que possível.

Muitos compostos não aparecem sequer na rotulagem, o que torna ainda mais difícil a eliminação total. Mas pequenos passos podem fazer a diferença na diminuição da sua carga tóxica.


Gravidez e amamentação
Nutrição para a saúde
Tóxicos alimentares
Publicado por:
Núcleo de Nutrição
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password