Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Gisela Carrilho
Défice de vitamina D durante a gestação aumenta a probabilidade de bebés de baixo peso
14 Dezembro 2012

A principal fonte de vitamina D para crianças e adultos é a exposição à luz solar natural, sendo a principal causa da deficiência de vitamina D  a exposição inadequada à luz solar. A deficiência de vitamina D pode provocar alterações nos níveis de cálcio, fósforo, e consequentemente no metabolismo ósseo. De acordo com um recente estudo publicado no Clinical Endocrinology & Metabolism os níveis de vitamina D de gestantes com 26 semanas ou menos foram positivamente associados com o peso ao nascer. Este estudo incluiu 2.146 mulheres e o peso ao nascer foi medido logo após o nascimento.
 
Segundo os autores, os níveis de vitamina D das gestantes, no primeiro ou segundo trimestre de gravidez, estava relacionada com o crescimento normal dos bebés que nasceram de termo. 
As gestantes que apresentaram deficiência em vitamina D o peso do seu bebé ao nascer foi inferior 46 g.  Para além disso, as gestantes que apresentavam défice de vitamina D no primeiro trimestre, tinham o dobro do risco de ter um bebé com atraso de crescimento intra-uterino
 
Comentários:
- Este estudo demonstra evidência epidemiológica que os níveis maternos de vitamina D, especialmente no início da gravidez, podem interferir  fisiologicamente ou patologicamente para o crescimento fetal.
-  Apanhar sol todos os dias pelo menos 15 a 20 minutos é fundamental para a produção de vitamina D;
- Alimentos como fígado, peixes, ovos possuem alguma vitamina D. No entanto, em muitos casos acaba por ser necessário recorrer a suplementação e deve fazê-lo com apoio de uma equipa de profissionais de saúde, principalmente se precisar de dosagens elevadas.

Nota: imagem retirada daqui.


Gravidez e amamentação
Nutrição para a saúde
Publicado por:
Gisela Carrilho
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password