Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Helena Santos
Couves e brócolos ajudam o sistema imunitário
21 Novembro 2011

Um estudo da revista Cell revela que os hortícolas como couve-galega, couve-de-bruxelas, couve-flor, repolho, couve  lombarda, brócolos (que pertencem à familia das crucíferas), são necessários para a activação e manutenção de linfócitos intraepiteliais especializados (células do sistema imunitário) no sistema digestivo.
Estas células não só nos protegem de agentes invasores, como ajudam na coordenação da manutenção e reparação da estrutura intestinal.Se não possuimos células iminutárias adequadas a nível intestinal, acaba por surgir uma tendência para inflamação.
Duas semanas de uma dieta pobre em hortícolas, foram suficientes para fazerem desaparecer do intestino de ratinhos, 70 a 80% das células imunitárias protectoras. Os hortícolas da família das crucíferas activam mecanismos que permitem a manutenção das células imunes.

A saúde do nosso intestino é de extrema importância para a nossa saúde geral, por exemplo se alguém espirra ao nosso lado e nós inalamos o mesmo ar, o nosso sistema imunitário (2/3 está no instestino), vai ter de actuar de forma adequada para evitar que surjam consequências.
Usar muito frequentemente couves, repolho e brócolos é fundamental para um sistema imunitário forte.

Comentários:
- Aproveitando que esta é a Semana Nacional da Agricultura Biológica não podíamos deixar passar a indicação de que devemos preferir produtos biológicos!
- Exemplo de receita aqui, para facilmente incluir couves na alimentação.

Nota: imagem retirada daqui.


Flora intestinal e probióticos
Nutrição e inflamação
Nutrição para a saúde
Publicado por:
Helena Santos
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password