Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Gisela Carrilho
Consumo diário de carne vermelha aumenta risco de diabetes tipo 2
26 Agosto 2011

Um novo estudo da Harvard School of Public Health, nos Estados Unidos, encontrou uma forte associação entre o consumo de carne vermelha, particularmente carne processada, e um risco aumentado de diabetes tipo 2.
 
Os autores realizaram uma meta-análise combinando dados do seu novo estudo com dados de estudos existentes, incluindo um total de 442.101 participantes, 28.228 dos quais desenvolveram diabetes tipo 2 durante o estudo. As conclusões do estudo indicam que:

- uma porção de carne vermelha não processada (100 gramas diárias) está associada a 19% risco aumentado
- uma dose diária de carne vermelha processada (50 gramas) está associada a um risco 51% 
 
Os resultados deste estudo têm enormes implicações para a saúde pública, dado o aumento da epidemia de diabetes tipo 2 e do consumo de carnes vermelhas em todo o mundo.
No entanto, tais factores de risco podem ser compensados através da troca da carne vermelha por uma proteína de boa qualidade nutricional. Um indivíduo que coma uma porção diária de carne vermelha, pode substituir por: 
- uma porção de nozes por dia e reduzir o risco de desenvolver diabetes em 21%
- lácteos de baixo teor de gordura e reduzir o risco em 17%
- Leguminosas reduziu o risco em 23%.

Comentários:
- Com base nesses resultados e devido aos altos níveis de sódio e nitritos presentes na carne vermelha recomendamos, mais uma vez, a redução do seu consumo, quer seja processada ou não e sugerimos escolhas mais saudáveis, como nozes, grãos integrais, peixe ou leguminosas ( grão, feijão, ervilhas)

Nota: Imagem retirada daqui


Nutrição na doença
Publicado por:
Gisela Carrilho
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password