Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Comidas processadas ligadas a doenças auto-imunes como a esclerose múltipla
Helena Santos
Comidas processadas ligadas a doenças auto-imunes como a esclerose múltipla
06 Agosto 2013

A alimentação atual, por todo o mundo, está repleta de refeições feitas em restaurantes de fast-food, comida comprada para levar para casa, snacks e mesmo comida congelada para só aquecer no microondas ou forno.
Este tipo de alimentação pode estar a influenciar o desenvolvimento de doenças auto-imunes como esclerose múltipla, alopécia, asma, eczema,…

Uma equipa de cientistas da Universidade de Yale nos Estados Unidos e da Universidade de Erlangen-Nuremberg na Alemanha provou precisamente esta teoria. Este estudo é o primeiro a indicar que excesso de sal refinado e sal processado pode ser um fator desencadeador de doenças auto-imunes.

Diversos estudos por todo o mundo mostram e comparam o teor de sal de comidas processadas de diversas cadeias de restauração e os resultados são alarmantes. Mesmo refeições que se designam de "mais saudáveis”, podem ter menos calorias e gordura mas chegam a ter mais 50% de sal que outras versões do mesmo produto.

O papel do sal foi bem definido:
As células T helper têm funções muito importantes no organismo já que ativam e ajudam outras células na luta contra bactérias, vírus, infecções, … Um tipo de células T helper, as Th17 foram noutros estudos associadas ao desenvolvimento de doenças auto-imunes e no estudo em questão, o sal mostrou ativar excessivamente estas células.
Os ratinhos com alimentação rica em sal viram o número de células Th17 aumentado e por consequência aumentou também a inflamação dos seus organismos. O nível de citocinas libertado foi 10 vezes superior ao normal e estes animais também desenvolveram com mais facilidade doenças semelhantes à esclerose múltipla.

O desenvolvimento de doenças auto-imunes é complexo e depende não só de factores ambientais mas da sua interligação com fatores genéticos. Ainda assim e pesar de estes estudos terem sido feitos em animais, reduza a ingestão de refeições pré-preparadas e esteja muito atento aos rótulos.


Associações alimentares
Nutrição para a saúde
Publicado por:
Helena Santos
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password