Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Daniela Seabra
Comer peixe faz bem... mas apenas quando cozinhado correctamente!!
27 Julho 2011
Comer peixe cozido/ estufado 5 ou mais vezes por semana pode diminuir em 30% o risco de doença cardiaca, mas quando este peixe é frito o efeito é o oposto - basta comer peixe frito 1 vez por semana para o risco de doença cardiaca aumentar cerca de 48%. 

Estas são as conclusões de um estudo que envolveu mais de 84 000 mulheres pós menopausa, e que foi publicado na edição de Abril 2011 do Circulation. 

Comentários:
 - já é de conhecimento geral que o consumo de peixe tem efeitos benéficos a nível cardiovascular, mas raramente pensamos que a forma como confeccionamos este peixe pode estragar este efeito benéfico. 
  - as temperaturas elevadas (>100ºC) alteram as famosas gorduras boas dos peixes, pelo que peixes assados a 200ºC, grelhados ou assados na brasa e expostos directamente a temperaturas demasiado elevadas, ou neste caso fritos, em que a temperatura pode atingir mais de 180ºC, vão "estragar" os efeitos benéficos do consumo de peixe.
- mas o peixe frito ou confeccionado com margarinas e óleos tem outra agravante: o consumo de gorduras pró-inflamatórias, que impedem o efeito das gorduras boas do peixe. Daí não nos ter surpreendido o resultado deste estudo. 
 - assim sendo, coma peixe, mas cozido/ em caldeiradas/ estufados/ ao vapor e caso pretenda peixe grelhado, regule a temperatura ao mínimo e não cozinhe demasiado o peixe. Pode ver aqui mais cuidados de como cozinhar de forma saudável.
 
Nota: imagem retirada daqui

Nutrição e inflamação
Nutrição na doença
Prevenção cardiovascular
Publicado por:
Daniela Seabra
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password