Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Helena Santos
Bebidas energéticas podem não ser benéficas
15 Agosto 2011

A indústria alimentar está sempre a tentar dar a maior variedade possível aos consumidores. No que diz respeito a bebidas energéticas isso também acontece já que há imensas hipóteses.
As bebidas energéticas por norma, possuem grande quantidade de cafeína ou outros aditivos que funcionam como estimulantes para que possam gerar um aumento de energia. Vários estudos mostram que estas bebidas podem desencadear convulsões e eventos cardiovasculares. Num estudo do Emergency Medicine Journal, os autores referem que pode ocorrer intoxicação por cafeína (por excesso de catecolaminas: adrenalina, noradrenalina e dopamina). Os adolescentes, que são mais propensos à ingestão de bebidas energéticas em excesso (em contexto social), possuem organismos mais sensíveis e é preciso ter atenção ao exagero.

Para piorar o cenário, um estudo do Archives of Pediatric, é chamada a atenção para o facto de ser bastante perigoso misturar bebidas alcoólicas com bebidas energéticas. 25 a 40% dos jovens estudados nesta investigação, afirmava ingerir bebidas energéticas juntamente com bebidas alcoólicas, nas festas em que participavam. Quando os jovens misturam bebidas alcoólicas e energéticas, as consequências da ingestão de álcool são maiores já que demoram mais tempo a perceber que já beberam demais, continuando a beber quando já estão bastante alcoolizados.
Atenção portanto à ingestão de bebidas com cafeína, principalmente se combinadas com bebidas alcoólicas.

Comentários:
- Correctamente utilizadas, algumas bebidas energéticas podem ter interesse. No entanto, sem estarmos num ambiente desportivo e ingeridas de qualquer maneira, podem ser perigosas.

Nota: Imagem retirada daqui


Nutrição e Desporto
Tóxicos alimentares
Publicado por:
Helena Santos
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password