Marcar Consulta
Nutrição Funcional

Blog Nutrição Funcional

Helena Santos
As gorduras agravam a dor
25 Julho 2011

A síndrome da dor regional complexa ou distrofia simpático reflexa, é uma doença crónica e progressiva que causa muita dor. Um estudo caso controlo da revista Pain Medicine, veio demonstrar uma relação interessante entre o tipo de gorduras no organismo dos indivíduos e o seu estado de saúde.

Foram comparados indivíduos com a doença (que respeitam os critérios considerados válidos) e sem a doença. Os parâmetros avaliados incluiram:
- ácidos gordos no plasma em jejum
 - a dor (através do questionário McGill para a dor)
- diversos aspectos relacionados com a dor (depressão, ansiedade, vitalidade, incapacidade e qualidade de vida).

Os indivíduos com a doença apresentaram valores de ómega 6 e ácidos gordos trans superiores aos controlos saudáveis. Além disso, a quantidade de ómega 6 foi relacionada inversamente com a vitalidade e a de ácidos trans foi relacionada directamente com a dor. Quanto mais ómega 6 e mais trans os indivíduos possuíam no seu corpo, menor era a vitalidade e maior a dor.

Comentários:
- Mais uma vez, fica demostrado que os ácidos gordos ómega 6 e trans em excesso, podem trazer desequilíbrios muito grandes ao organismo que impedem uma saúde plena.
- Fontes de ómega 6 que podemos evitar: margarinas, óleos vegetais. Prefira sempre o azeite, manteiga de oliveira e pastas de oleaginosas como a de noz e avelã.
- As gorduras trans aparecem em muitos produtos industrializados, é só procurar nos rótulos as designações: gordura hidrogenada ou gordura vegetal hidrogenada. Evite-a!


Nutrição e inflamação
Nutrição na doença
Publicado por:
Helena Santos
Partilhe

0 Comentários

Inserir Comentário

Entrar




Novo Utilizador?
Recuperar Password